Empreendedorismo

O que aprendemos com o Rocket Startup 2020 da RPC

Por 17 de dezembro de 2020 Nenhum comentário
Rocket Startup RPC Cashlocal

Primeiro é preciso dizer que é uma experiência enriquecedora em todos os sentidos, participar de algo tão motivador como o Rocket Startup da RPC.

Sem dúvidas, nossas habilidades em lidar com situações de decisão, pressão, processos e até do próprio produto, subiram de nível e só temos a agradecer.

Hoje, queremos pontuar algumas coisas que aprendemos participando desse reality, e que não há um único ganhador nesse reality: todos somos ganhadores.

Ganhadores de conhecimento, de networking, de amizades e experiências que transformaram a vida de todos.

Bruna e Thiarles, fundadores da CashLocal

O que aprendemos com as mentorias

Inicialmente todo o processo deveria acontecer de forma presencial, mas por conta da pandemia, foi remodelado para uma forma híbrida, com algumas atividades on-line e outras de forma presencial.

Os temas foram minuciosamente selecionados de acordo com a demanda das startups, cada uma com um especialista diferente explorando o assunto.

Sobre investimentos em startups, o economista e investidor Leonardo Jianoti detalhou o momento certo para uma startup captar investimento e também, como deve ser aproveitado da melhor maneira os recursos.

Também nos chamou a atenção, as dicas do jurado Fábio Scabeni da Viasoft, onde deixa claro que as “startups precisam aprender a vender”, após a ideia e prototipação, é hora de ir ao mercado e conquistar clientes.

Já Herman Bessler, detalhou sobre a aceleração da digitalização no varejo e as mudanças no comportamento do consumidor.

Isso nos fez entender melhor como empresas físicas podem ser mais competitivas levando experiência aos seus consumidores.

Essa aproximação com a RPC, nos permitiu conhecer alguns números expressivos do alcance da TV, e quebrar o paradigma de que tudo é digital.

Rodrigo Liborio, Diretor Comercial da RPC mostrou que a TV está sim passando por uma transformação, mas continua muito presente na vida do brasileiro.

O que aprendemos com as dinâmicas

Uma das demandas que as startups apresentaram durante o programa, foi o desejo de interação entre as startups de diferentes nichos.

Para isso, um maneira inteligente e possível que foi pensada, foi de “misturar” as equipes e formar novos times.

Cada equipe preparou um prato diferente, acompanhado do chef Guilherme Guzela.

Durante o preparo das receitas, houve a interação de forma natural, onde todos puderam se conhecer mais e explorar as afinidades de negócio, além de gerar um networking incrível e boas novas amizades.

Outro desafio, inspirada no mundo da TV, foi de cada startup desenvolver a ideia de uma campanha publicitária, que levasse aos telespectadores uma mensagem impactante e que ainda envolvesse os ideais do varejo e da própria empresa.

Desafio Rocket Startup RPC Cashlocal
Momento que Bruna e Thiarles escrevem o texto da campanha da dinâmica

A CashLocal foi a vencedora desse desafio e ganhou 30 segundos a mais para apresentação do pitch final, com uma mensagem falando sobre o sentimento de comprar no comércio local.

A comemoração não podia faltar

As finais do Rocket Startup RPC

As finais ocorreram os dias 11 e 12 de dezembro na sede da RPC em Curitiba.

Cada startup com tempo cronometrado fez a sua apresentação para banca de quatro jurados, que avaliaram as apresentações.

Apesar da tensão de apresentar para uma banca em frente as câmeras inclusive, o momento foi de muito aprendizado, pois os feedbacks de profissionais experientes de mercado agregam bastante.

A CashLocal ficou em terceiro lugar na órbita de varejo, e a grande campeã foi a startup Minus de Maringá.

Com isso tudo, podemos certamente afirmar: foi incrível!

Nunca mais seremos os mesmos depois de tanto aprendizado e saímos ainda mais fortalecidos, prontos para acelerar nosso foguete ainda mais.

Deixar uma resposta